Escolha o idioma

pt
  • cs

  • de

  • el

  • en

  • es

  • et

  • fr

  • it

  • kk

  • lt

  • nl

  • pl

  • pt

  • ro

  • ru

  • uk

Português
  • Čeština

  • Deutsch

  • ελληνική

  • English

  • Español

  • Eesti keel

  • Français

  • Italiano

  • Казақша

  • Lietuvių

  • Nederlands

  • Polski

  • Português

  • Română

  • Русский

  • Українська

Como é que você prefere completar sua conta?

* Não cobramos qualquer comissão por fazer depósitos em sua conta.

Freedom Finance Participa na Melhoria da Legislação da UE

A sucursal Europeia da Freedom Finance é agora membro da Associação para os Mercados Financeiros na Europa (AFME), desde 6 de maio. A missão global da AFME consiste em melhorar a cooperação entre as organizações financeiras, reguladores e autoridades de aplicação da lei, a fim de prevenir os crimes financeiros.

Com base no conhecimento especializado e na experiência dos Membros, a Associação cria iniciativas legislativas no domínio dos mercados de capitais Europeus. Estas propostas legislativas são então tidas em conta pelas autoridades da UE e por alguns países Europeus.

A AFME inclui os Bancos Europeus e mundiais, os corretores, as agências do direito, os investidores e outros intervenientes importantes do mercado financeiro. Entre os membros da AFME, poder-se-á mencionar o JPMorgan Chase, Citigroup, Deutsche Bank, Bank of America Merrill Lynch, Bloomberg L. P, Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento e a Standard & Poor's, para citar apenas alguns. A Freedom Finance agora também é um deles.

"Este é um passo muito importante em frente", afirma Evgenii Tiapkin, Diretor Executivo da Freedom Finance Cyprus Ltd que é responsável pela adesão à AFME. "Ao longo de seis meses antes de se tornar membro da Associação, os nossos processos de negócios e de conhecimento foram, cuidadosamente, auditados em várias etapas. Já estávamos de acordo com a legislação da UE, mas agora também vamos participar na sua melhoria. Isto ajudar-nos-á a proteger melhor os investidores, a apoiar o crescimento económico dos países da UE e a beneficiar a sociedade.